Blog
  • Página Inicial
21
01
2016

Os grãos e sementes que você precisa incluir na sua alimentação

Por: Nad'arte 0

Os Cereais e alguns tipos de sementes são ótimas opções para afastar a fome, principalmente no café da manhã. Eles costumam fornecer muitas fibras, que dão saciedade e fazem você comer menos. Ingerir fibra também melhora a digestão, combatendo a sensação de inchaço e estufamento. Confira a seguir alguns grãos e seus principais benefícios:

Chia

Ela é versátil e ajuda a diminuir o índice glicêmico dos alimentos, por ser muito rica em fibras. Ou seja, quando consumida em quantidades adequadas, seu corpo vai processar os açúcares do alimento muito mais devagar, proporcionando saciedade e diminuindo picos glicêmicos.
Contém alto teor de ácidos graxos poli-insaturados essenciais (gorduras boas)
É rica em ômega 3 e aproximadamente 34,4% da porção de 100 g da semente é composta por fibras alimentares. Ela é fonte natural de antioxidantes, além de ser também uma boa fonte de proteínas e rica em magnésio, zinco, cálcio, ferro, vitamina B3, vitamina B1 e de vitamina B2.

Quinoa

Ela é completa em relação às quantidades de calorias, proteínas, gorduras, carboidratos e fibras, e apresenta alta concentração de zinco, cálcio e ferro. Contém todos os aminoácidos essenciais, que nosso corpo não fabrica e que, portanto, devemos consumir por meio da alimentação. É o caso da lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade, da metionina, que auxilia no combate ao colesterol e do triptofano, essencial na produção da serotonina. Além disso, ela é rica em ômega 3 e o ômega 6, que ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares.

Linhaça

Com cerca de 39% de óleo em sua composição, a linhaça é bastante rica em ligninas, que são fitoestrógenos e estão relacionadas a proteção contra o câncer de mama e à saúde óssea. Também é rica em fibras, melhora o funcionamento do intestino e torna a liberação da glicose na corrente sanguínea muito mais lenta, ajudando assim a controlar e prevenir o diabetes. Dessa forma, não há picos glicêmicos e é preciso utilizar menos insulina, hormônio responsável pelo armazenamento de gordura. Possui ômega 3, uma gordura poli-insaturada que atua reduzindo os níveis do colesterol LDL (ruim) e aumentando os de HDL (colesterol bom).

Para saber mais sobre os benefícios dos grãos e qual a forma mais adequada de incluí-los em sua dieta de acordo com suas necessidades diárias, consulte uma de nossas nutricionistas.

Autor: Nad'arte

Comentário
0

Título