Blog
  • Página Inicial
11
01
2016

As atividades físicas no tratamento contra a depressão

Por: Nad'arte 0

Correr, nadar, pegar peso na musculação… Quando falamos sobre os benefícios de se fazer uma atividade física, imediatamente montamos uma lista sobre a importância de se exercitar.

Mas o que poucos sabem é que, além de melhorar o humor, prevenir contra a obesidade e dar mais força e energia a quem malha, a prática de exercícios físicos também é altamente recomendada para tratar a depressão.

Segundo estudo da Universidade do Texas, realizar uma atividade aeróbica ou treinos de resistência, em sessões de três a cinco vezes por semana com duração entre 45 e 60 minutos, pode servir como remédio no tratamento da tristeza, cansaço, desânimo e melhorar a auto-estima de quem pratica.

De acordo com os especialistas, a explicação está no fato de que, durante o exercício, o organismo libera endorfina e serotonina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de prazer, bem-estar e felicidade. Mas é preciso regularidade para que seja possível ver os resultados.

Além disso, estudos retratam que o ganho de massa muscular leva ao aumento da proteína responsável pela transformação do estresse em bem-estar. Isso faz com que, em pacientes com distúrbios de ansiedade, a prática de atividade física reduza comportamentos negativos e sensações de medo, falta de ar e aceleração do coração.

Por isso, se estiver deprimido e busca uma alternativa mais ativa no tratamento, experimente praticar exercícios. Mas antes não se esqueça de procurar uma de nossos profissionais de educação física para aconselhar os melhores exercícios para o seu corpo e consulte nossas nutricionistas para saber como aliar a prática de atividade física à alimentação saudável.

Autor: Nad'arte

Comentário
0

Título